segunda-feira, 29 de abril de 2013

China registra 24ª morte por gripe aviária País já registrou mais de 120 casos de infecção pelo vírus H7N9; especialistas temem uma mutação


O vírus H7N9 da gripe aviária fez uma nova vítima nesta segunda-feira, quando o paciente de um hospital chinês morreu, anunciou a imprensa local, aumentando o número de vítimas fatais da doença para 24.

O paciente, de sobrenome Chen, morreu na cidade de Xangai, após 12 dias de tratamento, informou a agência de notícias Xinhua. A China já registrou mais de 120 casos de infecção pelo vírus H7N9.



A maioria dos casos desde que o novo vírus foi identificado, no fim de março, foi registrada no leste da China, e um em Taiwan, cuja vítima foi infectada no continente.

Especialistas temem uma mutação do vírus para uma forma facilmente transmissível entre humanos, com potencial de gerar uma pandemia.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) disse não ter provas da transmissão entre humanos, mas alertou que o H7N9 é "um dos vírus mais letais" da gripe já registrados.