terça-feira, 7 de maio de 2013

Mulher é atingida por arpão disparado acidentalmente

Mulher é atingida por arpão disparadUma mulher de 28 anos estava na cozinha de sua casa, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos fluminense, quando foi atingida por um arpão de caça submarina que era manuseado por seu marido na sala e foi acionado acidentalmente, na noite de segunda-feira, 6. O equipamento entrou pela mandíbula da mulher e a ponta ficou alojada na coluna cervical.
A vítima, chamada Elisângela Rosa, sobreviveu. Ela foi atendida no Hospital Regional de Araruama e submetida a uma cirurgia. Segundo boletim médico, a mulher passa bem e é possível que fique sem nenhuma sequela. "A ponta do arpão penetrou a região entre o canal anterior vertebral e o canal da medula. Caso o objeto atingisse apenas 1 centímetro para dentro, ela ficaria tetraplégica; se atingisse 1 centímetro para fora, alcançaria uma artéria que irriga o cérebro e ela morreria", afirmou o neurocirurgião Allan da Costa, que operou Elisângela.
Segundo ele, apenas nas próximas 48 horas será possível avaliar se a paciente ficará ou não com alguma sequela. "Precisamos esperar a suspensão da sedação e retirar a traqueostomia para fazer uma avaliação completa. Se tudo der certo, ela terá alta em uma semana."o acidentalmente