quarta-feira, 28 de outubro de 2015

REGULAMENTO: II CONCURSO DE PRESÉPIOS E ORATÓRIOS." CASA DA CULTURA DE VARGINHA"


II Concurso de Presépios e Oratórios
Regulamento

Introdução

            O primeiro presépio do mundo teria sido montado em argila por São Francisco de Assis em 1223. Nesse ano, em vez de festejar a noite de Natal na Igreja, como era seu hábito, o Santo fê-lo na floresta de Greccio, para onde mandou transportar uma manjedoura, um boi e um burro, para melhor explicar o Natal às pessoas comuns, camponeses que não conseguiam entender a história do nascimento de Jesus. O costume espalhou-se por entre as principais Catedrais, Igrejas e Mosteiros da Europa durante a Idade Média, começando a ser montado também nas casas de Reis e Nobres já durante o Renascimento. Em 1567, a Duquesa de Amalfi mandou montar um presépio que tinha 116 figuras para representar o nascimento de Jesus, a adoração dos Reis Magos e dos pastores ao Menino Jesus e o cantar dos anjos. Foi já no século XVIII que o costume de montar o presépio nas casas comuns se disseminou pela Europa e, depois, pelo mundo.
            Os oratórios, por outro lado, surgiram na Europa nos primórdios da Idade Média. Em 1500, as caravelas de Cabral chegaram ao Brasil trazendo um exemplar com a imagem de Nossa Senhora da Esperança, iniciando uma tradição que se espalhou pelas fazendas, senzalas e residências da colônia. Esses utensílios religiosos desempenhavam inúmeros papéis: desde guardiões dos santos patronos de cada fiel – portanto individualizados –, até versões coletivas instaladas em locais públicos, as ermidas; muitas vezes, refletiam a função social da mulher, voltada para a contemplação e obediência à vontade do homem e de Deus.
            O presépio e o oratório são uma incontestável expressão da cultura popular e ocupam lugar de destaque nas festividades natalinas. São manifestações culturais que importa valorizar, reforçando, por um lado, a identidade e a tradição religiosa e, por outro, fornecendo instrumentos de potencialização da criatividade artística. Nesse âmbito, a Fundação Cultural de Varginha, através da Casa da Cultura, promove a primeira edição do Concurso de Presépios e Oratórios, visando incentivar a participação de todos na cultura e, assim, divulgar e distinguir, simultaneamente, a produção artesanal do município.
            A seguir expressam-se os termos e condições do I Concurso de Presépios e Oratórios.

Inscrições

1. O concurso está aberto a toda a população de Varginha e cidades sul-mineiras, e rege-se pelas normas constantes do presente Regulamento.
2. Serão aceitas as inscrições de todos os concorrentes em nome individual ou de associações.
3. As inscrições deverão ser efetuadas até o dia 30 de novembro de 2015, através do preenchimento de formulário próprio de inscrição, conforme o modelo do Anexo II deste Regulamento.
4. As inscrições poderão ser feitas:
a) pessoalmente, no Museu Municipal, localizado à Casa da Cultura (Praça Governador Benedito Valadares, nº 141 – Centro);
b) virtualmente, enviando o formulário com todos os dados preenchidos para o seguinte endereço de e-mail: casadaculturadevarginha@outlook.com.
5. Cada participante poderá inscrever SOMENTE 01 (um) Presépio e 01 (um) Oratório.
6. As inscrições estão sujeitas a apreciação prévia dos organizadores e serão excluídas aquelas que não atenderem a todos os requisitos apresentados neste Regulamento.

Exposição

1. Cada participante fica responsável pela montagem e decoração de seu próprio espaço de exposição no Foyer Aurélia Rubião, nos dias 02, 03 e 04 de dezembro, de forma a viabilizar sua apresentação pública em tempo hábil.
2. O espaço para a exposição será designado ao candidato pela Fundação Cultural de acordo com a ordem das inscrições.
3. Os trabalhos ficarão em exposição no Foyer Aurélia Rubião de07 de dezembro de 2015 a 06 de janeiro de 2016.
4. O Foyer ficará aberto para visitação e circulação pública de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Votação

1. Os presépios e oratórios admitidos a concurso estarão expostos para apreciação pública e serão submetidos a escrutínio popular.
2. Cada visitante receberá um cupom numerado, que será distribuído pelos servidores do Theatro Capitólio à entrada, no qual deverá assinalar qual presépio ou oratório considerou o melhor. Então, o cupom será depositado em urna própria.
3. A votação estará aberta entre 07 de dezembro de 2015 e 06 de janeiro de 2016.

Resultado e premiação

1. Serão classificados os 03 (três) presépios e/ou oratórios que receberem maioria absoluta de votos.
            Obs.: Em caso de empate, o critério para classificação será o da maior idade.
2. Serão concedidos prêmios aos 03 (três) presépios e/ou oratórios classificados e um certificado de participação a todos os concorrentes.
3. A classificação final e a atribuição dos prêmios serão anunciadas na mídia local.
4. A divulgação do resultado final e a entrega dos prêmios e certificados serão realizadas nos jardins da Casa da Cultura de Varginha, localizada à Praça Governador Benedito Valadares, nº 141 – Centro, em data e horário a ser definido pelo Diretor-Superintendente da Fundação Cultural de Varginha.





Varginha, 26 de outubro de 2015.



     ANEXO I

            Os prêmios abaixo indicados serão atribuídos pela Fundação Cultural de Varginha aos participantes classificados, de acordo com o definido no Regulamento.


PREMIAÇÃO
1º LUGAR
R$2.000,00
2º LUGAR
R$1.500,00
3º LUGAR
R$1.000,00

  
  
                                                                             ANEXO II


Ficha de Inscrição

Data de inscrição:

Nome do participante:

Data de nascimento:

Endereço:

Telefone(s):


Assinale a(s) categoria(s) para a qual se inscreve:(     ) Presépio   ou
(     ) Oratório
Descrição do(s) objeto(s)
Quantidade de peças:
Material:
Local de origem e autor da obra:
Há quanto tempo possui o objeto?