terça-feira, 11 de novembro de 2014

A FILOSOFIA E A BUSCA DA VERDADE ETERNAMENTE.

Como é o pensar do filósofo?  Vou contar uma anedota do filósofo francês André Comte-Sponville. Uma cena que se desenrola no início do século xx , num lugarejo da França rural. Um jovem  professor de filosofia passeia com um amigo e encontra um camponês , que seu amigo conhece, lhe apresenta  e com o qual nosso filósofo troca algumas palavras.
----O que o senhor faz?----Indaga o camponês .
---Sou professor de filosofia .
---Isso é profissão?
---Por que não? Acha estranho?
---Um pouco!
---Por quê?
---Um filósofo é uma pessoa que não liga para nada.....
    Não sabia             que aprendia isso na escola.

O que é um filósofo? Alguém que pratica a filosofia , que serve para da razão para tentar pensar o mundo e a sua própria vida , a fim de se aproximar da sabedoria e da felicidade Isso se aprende na escola? Tem que ser aprendido, já que ninguém nasce filósofo e já que a filosofia é um trabalho renumerado, que se destaca algo respeitoso e proveitoso para uma sociedade reflexiva , um país que não sabe pensar ,dar um país hegemônico “poder dominador sobre o povo” O poder de filosofar ,quanto antes começar é melhor e não parar mais. Nunca é tarde demais , segundo as palavras de  Epicuro,” nunca é cedo demais e nunca é tarde demais. Digamos que só é tarde demais para filosofar, quando já não é mais possível de pensar “
A filosofia é um conjunto de estudos teóricos que procuram explicar a realidade e os seus valores humanos . No falar ,no pensar de modo abrangente e metódicos.  A filologia é também uma parte da filosofia ,que faz estudos amplos da língua e de seus documentos e na verificação científica das autenticidade de textos ,através da comparação de manuscritos e edições filológicos.

A filosofia difere ou distingue do filologia que :  a filosofia nunca esta satisfeita , nos mostra que a realidade deve ser sempre questionada .Não existem certezas prontas . Então a filosofia não se confunde com outras ciências particulares .O filósofo recebe dados que lhe são fornecidos pelas ciência particulares submetendo –os a um constante questionamento. A filosofia entre outros saberes é um tipo de conhecimento que não engloba costumes . A Ontologia é uma parte da filosofia que estuda as propriedades  mais gerais do ser independentemente de suas determinações particulares ontológicas .
A filosofia não é disciplina é uma indagação, é pesquisar , refletir ,dirigindo ao conhecimento antropológico e de todos os problema que é empenhado neste conceito, na reflexão, que se volta a si mesmo, em ser pensativo, no ato de pensar profundamente , na observação de meditação introspectivo e planejando no que se expressam no que se observa em sua volta ,na escrita ou em voz alta com prudência e ponderação.
Temos que ser humanos , para tomar atitudes ,com bom senso, fazer até oposições que contradizem com nossas opiniões . Tipo não concordo mas respeito a sua opinião.
Cabe-se distinguir no entanto ,entre começo e  origem .A filosofia ,segundo a tradição que remonta a Aristóteles ,começa historicamente no século VI a.C,nas colônias gregas da Ásia menor. Sua origem porém  não se confundem com seu começo. ,em determinado momento do tempo e lugar no espaço ,mas deve ser procurado nos motivos que levam o ser humano filosofar . Se não perdurasse no homem de hoje ,que reflete ,a  mais de dois milênios e meio depois ,deles  uma exigência semelhante ou análogo à que determinou o pensamento , de cuja a “origem” excluído. No entanto podemos considerar a relação  do mito que se distingue  na história da Grécia antiga com o fim do mito “a natureza e os fenômenos físicos” e o início da filosofia . Qual o sentido da vida ,qual a origem do mundo e do homem ,o que é SER e TER , é tão intrigantes dos filósofos do passado em épocas diferentes como Platão, Aristóteles, Kant ,René Descartes e outros  quanto aos nossos pensadores atuais .


          " Fonte:Filosofando, Fundamentos da Educação-UTA-Fase2" , HOUAISS. Como objeto de estudos e parte integrante da minha graduação .UNINTER.