sábado, 15 de dezembro de 2012

Jornal do Brasil - País - Mulher que morreu durante plástica foi recusada por 5 médicos

Jornal do Brasil - País - Mulher que morreu durante plFamiliares de Maria Irlene Soares da Silva, 43 anos, que morreu na quinta-feira durante uma cirurgia plástica em São Paulo, afirmam que ela havia procurado cinco médicos nos últimos três anos para fazer uma cirurgia plástica. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, todos os médicos recusaram fazer o procedimento porque Maria era hipertensa, e a operação poderia trazer riscos à sua vida. Ela morreu durante um procedimento para para a colocação de silicone nos seios, enxerto nas nádegas e lipoaspiração abdominal.
Segundo a irmã da vítima, que era motorista de caminhão, ela procurou um médico até encontrar alguém que fizesse a cirurgia. O filho de Maria Irlene, Jefferson Adriano da Silva, 26 anos, afirmou à Folha de S.Paulo que tentou convencer a mãe a desistir, mas o cirurgião Wagner Fiorante fez todos os exames e disse que ela estava apta a realizar a intervenção. Maria Irlene foi enterrada na sexta-feira, em Osasco.plástica foi recusada por 5 médicos.